Mural 13 anos
Polêmica

"Não confie em negro que alisa o cabelo e em bicha enrustida",diz B.Sá em entrevista

Entrevista foi na Rádio Vale do Canindé.

30/10/2021 18h39Atualizado há 4 semanas
Por: Da Redação

O ex-prefeito B.Sá envolveu em uma polêmica ao citar numa entrevista na Rádio Vale do Canindé, que negros que alisam o cabelo e gays não assumidos não são pessoas confiáveis.

A polêmica gira em torno da fala que o político fez com um tom homofóbico e racista. Em um dado momento da entrevista o ex-prefeito fez declarações sobre pessoas em quem segundo ele não se deve confiar.

“Tive um colega prefeito, que já faleceu há alguns anos, e ele me dizia: ‘doutor B.Sá, tenha medo de dois tipos de gente… De negro que estira o cabelo e de bicha enrustida’. Mas por que você quer dizer, isso? ‘Porque esses indivíduos, doutor B.Sá, quando amanhece o dia eles se olham no espelho e eles não se aceitam, eles dizem ‘eu te odeio’… Eles olham pro espelho e se veem e dizem ‘eu te odeio’… E o sujeito que não gosta de si mesmo, ele não gosta de ninguém!”, afirmou o ex-deputado.

Fazendo uma defesa ao governo do presidente Jair Bolsonaro e dirigindo-se ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, ele se refere ao membro da corte suprema como “bicha enrustida”.

“Nego que estira o cabelo, que não aceita sua negritude, a sua condição de ter o cabelo daquele tipo, e aquele que é a bicha enrustida, que não assume, que não se assume (…) E dizem que este Luís Roberto Barroso é dessa última linha, um perigo. Resultado: ele cismou de instalar uma CPI contra o Bolsonaro. A CPI que alguns chamaram depois de circo”, completou B.Sá.

Nas redes sociais, a fala do ex-prefeito B.Sá tem repercutido negativamente por serem consideradas de tom preconceituoso. 

Assista

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias