Mural 13 anos
Eleições da OAB

Chapa 'OAB de Verdade' promove encontro com a advocacia de Oeiras em busca de mudança na OAB-PI

Na cidade, apoiam a Chapa 2- OAB De Todos, candidata à subseção, liderada por Fidelman Fontes e Evailsa Rego, que no encontro, reforçaram seu apoio à Chapa OAB de Verdade

15/11/2021 20h36Atualizado há 7 dias
Por: Da Redação

A Chapa 1 - OAB de Verdade, reuniu advogados e advogadas da região de Oeiras, nesta segunda-feira (15), para dialogar e apresentar suas propostas para uma ordem mais representativa e resolutiva. A Chapa é liderada por Raimundo Júnior e Naiara Moraes.

Na cidade, apoiam a Chapa 2- OAB De Todos, candidata à subseção, liderada por Fidelman Fontes e Evailsa Rego, que no encontro, reforçaram seu apoio à Chapa OAB de Verdade. 

Os advogados relataram as principais dificuldades na atuação da profissão na região de Oeiras. Queixam-se principalmente que se sentem desamparados pela atual gestão.

“A atual gestão da OAB-PI apresenta uma realidade que não é a nossa, não corresponde com os inúmeros problemas que enfrentamos. Precisamos de alguém na OAB que conheça e vivencie nossas angústias”, frisou a candidata à vice-presidente da subseção de Oeiras, Evailsa Rego.

Ambas as chapas têm um projeto de transformação para a advocacia com uma OAB mais democrática. “A nossa ideia é transformar de fato a OAB na casa do advogado e advogada, em que ele seja ouvido, acolhido e respeitado em todos os espaços. Em Simplício Mendes, os advogados sequer conseguem entrar no Fórum, e a Ordem é inerte a essas situações”, relatou o candidato Fildeman Fontes.

O advogado Raimundo Júnior, candidato à presidência da OAB-PI, destacou a importância do acolhimento ao jovem advogado e da valorização da classe. “As gestões da Ordem têm esquecido o jovem advogado, os quais muitos têm dificuldades em ingressar no mercado de trabalho, somado a isso, a nossa classe está desvalorizada e desrespeitada nos diversos espaços. A advocacia está cansada de ser vista como inimiga, de não ser respeitada. Precisamos de uma OAB que seja mais plural, mais protagonista e representativa de todos os advogados e advogadas. A OAB não têm donos, chega de autoritarismo”, ressaltou.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias