Sábado, 28 de Maio de 2022 21:15
(89) 98819 1028
Geral LATROCÍNIO

Confira como foi a investigação que elucidou o latrocínio em Oeiras; menor confessa crime

Crime teve como vítima Vitória Batista Sobreira, de 54 anos.

18/01/2022 16h43 Atualizada há 4 meses
Por: Da Redação
Confira como foi a investigação que elucidou o latrocínio em Oeiras; menor confessa crime

Um crime brutal e covarde que causou revolta em toda cidade de Oeiras: a morte da senhora de 54 anos, identificada como Vitória Batista Sobreira.

Dona Vitória trabalhou muitos anos como doméstica até quando conseguiu realizar o sonho de ter seu próprio negócio. Montou uma pequena lanchonete no bairro Jurani, atendendo basicamente a clientela de bairro.

Estava feliz por ter alcançado seu objetivo. Contudo, na noite desta segunda, 17, o sonho de dona Vitória terminou de forme trágica, sendo vítima de um latrocínio, roubo seguido de morte, que foi praticado por um jovem de 22 anos em companhia de um menor de idade.

A Polícia Militar foi acionada, assim como o SAMU, que ainda prestou atendimento, mas dona Vitória não resistiu.

Na manhã desta terça-feira, 18, a Equipe de Investigação da Delegacia de Oeiras, em análise de imagens e outras informações chegaram ao suspeito que seria M.G., o menor. Ele já tinha várias passagens pela delegacia de Oeiras pela prática de alguns delitos, dentre os quais, violência doméstica.

A equipe conseguiu localizar o menor em companhia de M.C.L. de 22 anos. Os policiais perceberam que ele tinha as mesmas características das imagens que foram analisadas. Um detalhe em especial chamou a atenção dos investigadores: uma cicatriz que M.G. possui no rosto, fato esse que uma testemunha ocular do crime dissera que o acusado possuía.

Diante disso, o menor confessou o crime e disse que cometera em companhia de M.C.L. que havia escondido a arma do crime. No entanto ele negou que a arma fosse de sua propriedade, no entanto, a polícia já possuía informações de que ele possuía esta arma. 

M.C.L. foi preso e o menor apreendido. Eles foram ouvidos pelo delegado Juarez Paiva e ficarão a disposição da justiça.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias