Domingo, 23 de Junho de 2024 11:33
(89) 98819 1028
Geral FIQUE ATENTA

Defesa Civil orienta sobre medidas para evitar acidentes e queimaduras durante período junino

Com as tradicionais festas juninas, é preciso estar em alerta sobre os riscos de queimaduras durante as comemorações

11/06/2024 10h37
Por: Jafferson França
Defesa Civil orienta sobre medidas para evitar acidentes e queimaduras durante período junino

Com as tradicionais festas juninas, é preciso estar em alerta sobre os riscos de queimaduras durante as comemorações. Entre as tradições desse período, estão as comidas típicas, músicas e brincadeiras e, também, queima de lenha e o uso de fogos de artifício. Com o objetivo de evitar casos de queimaduras, a Secretaria de Estado da Defesa Civil do Piauí (Sedec), alerta a população com orientações preventivas.

    

“Com o período junino nós, da Defesa Civil, fazemos algumas recomendações clássicas de segurança, principalmente com o foco nas crianças. É da nossa tradição festeira aproveitar o período junino para desenvolver uma série de ações recreativas que utilizam instrumentos como o fogo, foguetes, balões e até pequenos explosivos. Esses instrumentos que podem trazer a diversão, precisam ser utilizados com o máximo cuidado. Alguns, inclusive, tem o seu uso vedado, como é o caso dos balões, porque podem ter uma condição incendiária, provocando riscos a imóveis e danos florestais", explica o diretor de Prevenção e Mitigação da Secretaria de Estado da Defesa Civil, Werton Santos. 

Ele destaca também o uso de fogos que fazem barulho. "Nós sabemos que os animais são muito sensíveis, além das crianças que estão dentro do espectro autista, por isso devemos usar da nossa solidariedade, empatia e comprar mecanismos explosivos ou sonoros mais brandos e suaves”, ressalta o diretor.

Werton ainda alerta sobre os transtornos que uma fogueira pode trazer. “Embora tenha um peso considerável na nossa tradição, fogueiras não podem ser feitas em áreas florestais, devem seguir um rígido protocolo de segurança, não utilizando madeiras protegidas retiradas da nossa flora, além dos transtornos causados pela fumaça produzida. Busque fazer de forma consensual, um acordo com os seus vizinhos e com a máxima segurança, evitando brincadeiras que possam expor risco”, complementa.

Prevenção contra queimaduras e acidentes

Para acender fogueiras em segurança, é necessário respeitar uma distância mínima de cinquenta metros da vegetação e não acender embaixo ou próximo da rede elétrica. No local onde será feita a fogueira é necessário colocar areia entre o solo e troncos. Além desses cuidados, é preciso atenção em relação a brincadeiras próximas ao fogo e circulação de crianças na área, para evitar a inalação de fumaça. Também é preciso cuidado ao manipular bebidas e comidas quentes e a utilização de produtos inflamáveis.

Já para a utilização de fogos de artifício, o manuseio deve ser feito por adultos que não tenham ingerido bebida alcoólica. Artefatos que não tenham funcionado não devem ser reaproveitados, os itens devem ser colocados em baldes com água para neutralizar a carga explosiva. Sempre utilizar os fogos em local afastado das pessoas, em áreas abertas e sem fiação elétrica. Os rojões devem ser usados com um suporte e não segurados diretamente na mão. Em casos de eventos pirotécnicos, a apresentação deve ser feita por profissionais;

Me queimei, o que fazer?

A Defesa Civil destaca que em caso de queimaduras, nunca se deve tocar ou colocar sobre a lesão substâncias como manteiga, pó de café, creme dental ou pomada. Nesses casos, o primeiro procedimento é afastar a vítima da fonte de calor e, caso necessário, ligar nos telefones de emergência Samu (192) ou do Corpo de Bombeiros (193).

Fonte: Portal A10+

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias