Quarta, 24 de Julho de 2024
Política AGRICULTURA FAMILIAR

Projeto que distribui refeições a 160 famílias em vulnerabilidade será beneficiado com programa da SAF

O projeto “Comida na Mesa”, organizado pela Casa Santa Dulce, na zona norte de Teresina, será contemplado pelo programa PAA Cozinha.

01/07/2024 às 17h50
Por: Carlos Valentim
Compartilhe:
Projeto que distribui refeições a 160 famílias em vulnerabilidade será beneficiado com programa da SAF

Uma ação solidária tem ajudado várias famílias no combate à fome e à insegurança alimentar na comunidade Dandara dos Cocais, na Santa Maria da Codipi, zona norte de Teresina. O projeto “Comida na Mesa”, organizado pela Casa Santa Dulce em articulação com a comunidade local, realiza semanalmente a entrega de sopas para 160 famílias em situação de vulnerabilidade social.

O grupo será um dos contemplados pelo programa PAA Cozinha, iniciativa do Governo do Estado, através da Secretaria de Agricultura Familiar (SAF), em parceria com o Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). O programa foi lançado na sexta (28) na Associação Madre Cabrini das Irmãs Missionárias do Sagrado Coração de Jesus, e tem o apoio da Secretaria da Assistência Social, Trabalho e Direitos Humanos (Sasc) e do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea).

Dandara dos Cocais - 1.jpg

A coordenadora do projeto, Mauricélia Silva, mais conhecida como Maura, enxerga no PAA Cozinha a possibilidade de expansão da atividade para atender mais famílias na região.

"É daqui que muitas famílias conseguem garantir um alimento de qualidade, uma refeição completa, graças ao apoio das instituições. A mais forte é a SAF, que vem nos abastecendo com produtos para fazermos a sopa e para a gente doar para as famílias mais carentes. Com o PAA Cozinha, vamos ter mais uma forma de garantir mais refeições", destaca.

SAF lança programa de apoio a cozinhas comunitárias nesta sexta (28).jpg

O superintendente de Comercialização, Agroindustrialização e Inovação da SAF, Evandro Cardoso, destaca o potencial do PAA Cozinha no fortalecimento da agricultura familiar e também da rede de apoio às famílias em situação de vulnerabilidade, seguindo o plano de ações do Governo do Estado no combate à fome.

"O programa atua em duas linhas, assim como o PAA: fortalecer a agricultura familiar na medida em que eu compro essa produção dos produtores familiares do estado, particularmente aqui do entorno de Teresina; e faço a doação simultânea desses alimentos para organizações que atuam com ações socioassistenciais, notadamente no que se refere a fornecimento de alimentação para a população em situação de vulnerabilidade social, inclusive população de rua", explica.

A iniciativa começou em 2021 para assegurar uma refeição mais saudável para as famílias em situação de vulnerabilidade social da comunidade, que recebem alimentos da SAF através do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) para o preparo da sopa.

SAF lança programa de apoio a cozinhas comunitárias nesta sexta (28) 2.jpg

Gerlane Karolaine é uma das beneficiadas com a refeição. Dona de casa e mãe de três crianças, Gerlane garante através da sopa comunitária uma refeição diversa para toda a família.

"Pra mim é muito bom, muito gratificante. Durante a semana, eles já perguntam: ‘mãe, quando vai ter sopa?’ Com a ajuda do projeto, da SAF, a gente consegue. Um ajudando o outro. É ótimo, porque vem da natureza, chega direitinho e já vai pra nossa comida, pra sopa que é feita aqui", aponta.

Projeto auxilia cozinhas comunitárias

O projeto foi lançado na sexta (28) e faz parte do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). O programa terá um investimento de R$ 1,2 milhão oriundo do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) e será executado pela SAF.

O PAA Cozinha visa auxiliar e fortalecer cozinhas solidárias, que atendem a famílias em situação de vulnerabilidade social, sejam pessoas de rua, dependentes químicos, crianças, adolescentes e adultos em situação de carência nutricional, dentre outras.

O investimento se dará com a compra de alimentos produzidos por agricultores familiares que já são cadastrados no PAA, e com a destinação desses alimentos às cozinhas comunitárias que atendem às famílias em situação de vulnerabilidade socioassistencial. Atualmente, no Piauí, 20 cozinhas solidárias são credenciadas e serão beneficiadas com o programa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias