Quarta, 24 de Julho de 2024
Saúde SAÚDE

HGV realiza cirurgia complexa em paciente com síndrome do intestino curto

O trabalho da equipe multiprofissional foi essencial para o sucesso do procedimento

09/07/2024 às 17h28
Por: Carlos Valentim
Compartilhe:
HGV realiza cirurgia complexa em paciente com síndrome do intestino curto

Muitos procedimentos de alta complexidade são realizados no Hospital Getúlio Vargas (HGV) todos os dias. Alguns chamam atenção pela gravidade e complexidade do caso. A história do pedreiro João Menezes, natural do município de Brasileira, é um desses casos que necessitavam de intervenção da equipe multiprofissional especializada. Na quinta-feira (4), ele passou por um procedimento de reconstrução de trânsito intestinal, no HGV, com sucesso.

O profissional que realizou o procedimento, o cirurgião Luis Gustavo, explicou que o sucesso do procedimento deve-se à colaboração de uma equipe multiprofissional para que tudo desse certo.  “Recebemos o paciente com síndrome do intestino curto, ele já havia sido operado e tentado fazer a reconstrução em outra unidade de saúde, mas sem sucesso devido ao grau de desnutrição. Como ele estava fazendo uso da bolsa de ileostomia, tudo que se alimentava, ele não conseguia absorver. Então, fizemos todo o preparo pré-operatório com a ajuda de uma equipe multiprofissional especializada, com uso de dietas especiais. Quando percebemos que o paciente estava apto para a cirurgia, nós realizamos. O trabalho em equipe foi fundamental para o sucesso da cirurgia. Agora, seu João vai voltar a ter uma vida normal”, explica o médico.

Com um sorriso no rosto e já sem a bolsa de ileostomia, o pedreiro disse estar otimista com sua recuperação. “Estou muito melhor, meu sonho é voltar a minha vida normal. Já deu certo!”, afirmou o paciente, que está com  planejamento de alta para esta terça-feira (9).

"O HGV segue desempenhando o seu papel, que é atender a demanda da população que necessita de atendimento de alta complexidade", afirmou o superintendente de Média e Alta Complexidade da Sesapi, Dirceu Campêlo.

A diretora-geral do HGV, Nirvania Carvalho, destaca que o caso do paciente é um dos mais complexos que o hospital recebe diariamente. “O Getúlio Vargas atende várias especialidades com intervenções que necessitam de uma equipe capacitada e equipamentos modernos para o sucesso dos procedimentos”, explica a gestora.

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias